quinta-feira, 31 de março de 2011

Golpe de 64: sem esquecimento, sem perdão, sem temor


31 de março: um dia para não esquecer
O golpe de 1964 não é apenas passado, nem foi só obra de generais




Embora os dias tenham rigorosamente as mesmas quantidades de horas, minutos e segundos, sendo fisicamente iguais entre si, todos eles guardam diferenças simbólicas que os tornam especiais. Alguns causam grandes emoções, representando datas queridas e inesquecíveis, como os aniversários de nascimento, namoro, primeiro beijo ou casamento. Outros ingressam definitivamente em nossa mente por marcarem episódios tristes, não raro a morte de algum ente querido ou o rompimento com a pessoa amada.

As datas simbólicas interagem de tal forma com o sentimento coletivo de um povo, que é até difícil imaginar a história do mundo sem que elas existissem. Nesse rol estariam, dentre outras, as datas comemorativas das lutas pela independência de uma nação, o massacre violento de pessoas, uma revolução que se instala ou até o martírio de um povo.

Nesse contexto, não poderiam passar despercebidas datas patrióticas como o 7 setembro dos brasileiros, o 4 de julho dos estadunidenses e o 14 de julho dos revolucionários franceses. Também ilustram o time o 1º de maio dos trabalhadores, o 8 de março das mulheres e, como não poderia deixar de ser, o famoso 25 de dezembro dos cristãos. Aliás, a própria Igreja Católica sempre presenteou os fiéis com datas dedicadas aos santos defensores de seus ideais, várias delas estrategicamente transformadas em feriados oficiais.

O quadragésimo sétimo aniversário do golpe militar de 31 de março faz o brasileiro lembrar uma dessas datas emblemáticas na história de um povo. Ainda mais quando simboliza um pensamento que perdurou por longos e tenebrosos anos.

Foram dias em que a força bruta governava e paralisava toda uma nação, fazendo adormecer os sonhos de uma geração que ansiava reformar a velha e conservadora sociedade brasileira. Era o tempo em que imperava o medo. O medo de exprimir o mais simples dos pensamentos. O medo de ser denunciado por apenas ler um livro ou gostar de determinada música. O medo até de dizer que se tinha medo.

Era o tempo do “amar” ou “deixar” o país.

Era o tempo em que o presidente constitucionalmente eleito fora derrubado, o Congresso Nacional fechado, parlamentares cassados, eleições diretas fulminadas, e governadores e senadores biônicos a nos representar.

Era o tempo em que o Poder Judiciário estava castrado na sua missão de livre decidir, violado na sua independência, desrespeitado em suas prerrogativas, humilhado com a cassação dos ministros Evandro Lins e Silva, Victor Nunes Leal e Hermes Lima.

Era o tempo da censura, das perseguições políticas e da revogação do habeas corpus, em que os brasileiros eram calados apenas em razão de desejarem, “sem lenço ou documento”, viver em um país democrático.

Quarenta e sete anos depois, o Brasil vive em pleno regime democrático. Hoje é presidido por uma mulher que foi perseguida, presa e condenada por aqueles que faziam a ditadura. Em suas várias instâncias políticas, situação ou oposição, destacam-se executivos, magistrados e parlamentares que foram perseguidos ou não colaboraram diretamente com o regime militar. A presidenta Dilma Rousseff sucedeu, inclusive, o também ex-preso político Luiz Inácio Lula da Silva. Contudo, ainda não se permite dizer que a vitória democrática está plenamente consolidada.

Lembrar o aniversário do golpe militar é questão de sobrevivência democrática. Desvendar o passado, nesse caso, é compreender o presente. Escrever o presente é antecipar o futuro. Afinal, não se pode reproduzir o tempo em que medo era servido na mesa do brasileiro. Lembrar o dia 31 de março de 1964 é, portanto, ensinar que a ditadura  jamais deve ser esquecida, até porque nunca poderá  ser repetida.

terça-feira, 29 de março de 2011

Atividade Física: benefícios na sua vida diária

"Atividade física é um direito de todos e uma necessidade básica". (Unesco)

Todas as manhãs e fim de tardes em Tarauacá é comum as pessoas caminharem pelas ruas da cidade em busca de benefício fisiológico através da atividade física. Muitas delas iniciam esperando em 10 dias obter um resultado desejável.

A pessoa sedentária deve praticar de duas a três vezes por semana. O nosso corpo vive de acordo com o rítimo que nós proporcionamos. Se não o colocar pra exercitar ele se habitua viver de modo sedento, o metabolismo fica mais lento, você fica obeso. Nosso corpo se adapta ao estilo de vida que nós vivemos.

É da mesma forma quando iniciamos uma atividade física. Primeiro os benefícios acontecem internamente, melhora o funcionamento dos músculos, sistema cardio-respiratório, o coração bate melhor, ossos, articulações, tendões, enfim, todo o corpo se adapta ao novo estilo de vida que você propôs.

Deste modo, para quem busca um corpo belo e sarado, devo aconselhar que a disciplina, a paciência, o equilibrio e sua individualidade biológica são fundamentais para que seu corpo apresente as reações que você deseja.

Mas afinal, o que é atividade física?

"A atividade física é definida como qualquer movimento corporal, produzido pelos músculos esqueléticos, que resulte em gasto energético maior que os níveis de repouso" (CASPERSEN et alii,1985).

Vale tudo

Andar, dançar, correr, pedalar, passear com o cachorro, fazer compras a pé, subir e descer escadas, fazer cooper, enfim, levar uma vida mais ativa.

Em outras palavras, não são necessários níveis altos de prática física, horas intermináveis de exercícios ou dor e sofrimento. Para aproveitar as vantagens da atividade física, é suficiente aumentar o grau de integração da vida diária à atividade física, combatendo o sedentarismo e seus riscos para a vida humana.


O ser humano, na sua preocupação com o corpo, tem de estar alerta para o fato de que saúde e longevidade devem vir acompanhadas de qualidade de vida, tanto no presente como no futuro.

A atividade física é uma aliada imprescindível para alcançar uma boa forma física e sua prática deve ser desenvolvida de uma forma prazerosa e contínua ao longo de toda a vida.

A preocupação de promover e manter a saúde deve ser ressaltada para a população mundial, que, cada vez mais, necessita, em sua rotina diária, da prática de exercícios físicos regulares para combater os efeitos nocivos da vida sedentária.

Efeitos da atividade física sobre o organismo

Cérebro: Proporciona sensação de bem estar, melhora a auto-estima, reduz os sintomas depressivos e ansiosos, melhora o controle do apetite.
Como funciona: A atividade física estimula a liberação de substâncias que "melhoram" o funcionamento do sistema nervoso central.

Nariz e Garganta: Reduz a ocorrências de gripes, resfriados e infecções respiratórias em geral.
Como funciona: A atividade física estimula a produção de alguns aminoácidos (componentes das proteínas) que melhoram a ação protetora do sistema imunológico.

Pulmões: Melhora a capacidade pulmonar e aumenta a capacidade de consumo de oxigênio.
Como funciona: A atividade física aumenta a rede de pequenos vasos que irrigam os alvéolos pulmonares (estruturas de troca de gases), melhorando o aproveitamento de oxigênio pelo pulmão. Desse modo, a respiração fica mais eficiente.

Coração: Melhora o funcionamento do coração (para um mesmo esforço, o trabalho cardíaco passa a ser menor). Aumenta a resistência aos esforços físicos e ao estresse Reduz doenças cardíacas (angina, infarto, arritmias, insuficiência etc). Aumenta a sobrevida até mesmo nas pessoas que já tiveram um infarto.
Como funcina: Estimula uma melhor vascularização (aumento da irrigação de sangue para o próprio coração), o que garante melhor funcionamento do órgão. Reduz fatores de risco para artérias coronárias - como pressão arterial e colesterol.

Barriga: Facilita a perda de peso ou a manutenção do peso desejado  e combate a obesidade.
Como funciona: Reduz a gordura e aumenta a massa muscular. O músculo é um tecido muito ativo, que ajuda no maior consumo de calorias ao longo do dia.

Pâncreas:  Facilita o controle do diabetes.
Como funciona: Diminui a resistência à ação da insulina ( hormônio que facilita a entrada de glicose nas células), favorecendo um melhor controle dos níveis de açúcar no sangue.

Pernas: Diminui edemas, varizes e o risco de trombose.
Como funciona: Aumenta a pressão dos músculos sobre as veias das pernas. Funciona como uma espécie de bomba, que ajuda o sangue a vencer a força da gravidade e voltar mais facilmente para o coração.

Vasos Sangüíneos: Reduz obstruções nas paredes dos vasos, diminuindo problemas como aterosclerose (placas de gordura), " derrames cerebrais" e infartos.
Como funciona: Reduz as taxas de colesterol total e eleva o HDL (colesterol "bom"), que protege contra a formação de placas de gordura nas artérias. Combate a hipertensão, reduzindo os níveis de pressão arterial.

MúsculosFortalece a massa muscular  e  aumenta a flexibilidade.
Como funciona: A atividade estimula o desenvolvimento das fibras musculares que compõem os diversos músculos do corpo.

Ossos: Reduz os riscos de osteoporose (enfraquecimento dos ossos) e fraturas na velhice.
Como funciona: Estimula a proliferação dos chamados osteoblastos (células que contribuem para o crescimento do tecido ósseo).

Fonte: CREF



segunda-feira, 28 de março de 2011

Jotas Clube: um clube que vai ajudar o esporte de Tarauacá

Josman Neri mantem escolinha de futebol em Tarauacá


 
O Jotas Clube foi uma iniciativa do Professor josman Neri. Graduado em Educação Física, ex-atleta profissional e conhecedor do esporte local. Preocupado com as políticas publicas de esportes, inexistente em Tarauacá,  criou através do Jotas Clube a Escola de Futebol Livro na Mão, Bola no Pé, que objetiva desenvolver iniciação do futebol, integrar, formar cidadãos e revelar talentos pro acervo tarauacaense. Os alunos devem está estudando e apresentar periodicamente seu rendimento escolar.

A escolinha inicialmente funciona no Estádio Naborzão no período de maio a outubro, duas vezes por semana. Uma iniciativa que está dando certo. Desde 2009 (ano de fundação) é financiada pela Lei de Incentivo ao Esporte do Governo do Acre e tem apoio da LTD. A Escola atua com crianças de 7 a 15 anos de idade, num total de 120 crianças. Para ingressar é necessário está matriculado e estudando. Realizamos no último mês (outubro) um campeonato envolvendo as duas faixas etárias. Abaixo algumas fotos. Mais fotos no início do Blog, no destaque Fotos
                                       Faixa etária até 12 anos de idade






                                                   Luiz Caetano

O atleta


                                                        --------------------------
                                    abaixo, Faixa etária 13 a 15 anos







                                                            -------------------------------
                                             Prof. Burú orientando os alunos
                                                          Treinamento

 




 

                                 Palestra sobre cidadania no Sinteac



                                                             ----------------------------
                                          Material de treinamento


Brasão da Escolinha




domingo, 27 de março de 2011

Musculação: o que você precisa saber antes de começar



Afinal, com que idade se pode começar a praticá-la?

A maioria das pessoas crê que esse tipo de treinamento serve somente para competições de levantamento de pesos, levantamento de potência ou fisiculturismo.
Entretanto, tanto a musculação como os demais sistemas utilizados no treinamento de força têm numerosas aplicações relacionadas à melhoria da saúde. Entre elas, pode-se citar a prevenção das lesões causadas por qualquer tipo de exercício (esportivo, relativo ao trabalho ou a atividades do cotidiano) e a reabilitação de pessoas submetidas a cirurgia cardiovascular ou com problemas cardíacos, alterações neuromusculares e traumatismos. Também é um auxiliar no tratamento da obesidade, osteoporose e atrofia muscular.
Na maioria dos casos, a intenção das pessoas é aumentar sua força e sua massa muscular e, assim, deixar o corpo mais bonito. Essa certamente também é a motivação de grande parte dos adolescentes. A boa notícia é que esse tipo de treinamento é necessário nessa fase porque a força é uma qualidade muscular que interfere na forma física. Portanto, se tomados os cuidados necessários, não existe nenhuma contra-indicação para que você faça musculação.
Riscos da musculação
Antes de se falar dos riscos da musculação, é preciso que você determine o seu objetivo, se é competir em alguma modalidade ou somente manter o corpo em forma. Isso porque há uma forma de treinamento distinta para cada caso e é claro que a segunda é mais leve e segura do que a primeira. Vamos aos riscos:
Fadiga: quando você apressa o treino ou utiliza uma carga elevada demais para a sua capacidade, o que é muito comum acontecer, pode entrar em um processo de fadiga rapidamente, o que não ajuda no treinamento.
Lesões: treinar de forma errada, sem a supervisão de um profissional e com carga inadequada, pode causar lesões nas articulações e nos músculos.
Fraturas: novamente o excesso de carga (não adianta tentar apressar o processo) e o erro na técnica (é preciso ter mais consciência) são os causadores da maioria das fraturas em pessoas que praticam musculação.
Lesões crônicas: o treinamento precoce, por tempo prolongado, pode acarretar lesões crônicas, principalmente nos joelhos e na coluna vertebral. Nos joelhos, pode ocorrer uma lesão conhecida como Osgood-Schlatter, devido à sobrecarga nessa região. Quanto à coluna vertebral, o maior problema são as alterações que ela pode sofrer com o treinamento, devido à pressão que recebe, em especial quando se realizam exercícios em que é preciso levantar pesos acima da cabeça — estes são os mais perigosos e, por isso, não são recomendados.
Anabolizantes: todos nós sabemos que a musculação só apresenta resultados a longo prazo, mas muitos não têm paciência para esperar e utilizam essas drogas para ganhar massa muscular mais rapidamente, sem pensar nas conseqüências.

Como e quando fazer
Qualquer que seja o seu objetivo, antes de começar a fazer musculação, você deve buscar a orientação de um médico - especialmente de um ortopedista - para que ele verifique o estágio de sua maturação óssea. Dessa forma, evita-se o uso de uma carga inadequada, que venha a prejudicar o seu crescimento. Com a avaliação médica em mãos, o próximo passo é procurar um professor de Educação Física, que vai determinar e acompanhar o treinamento.
Até os 14 anos, recomendam-se sessões de 30 minutos em dias alternados. Duas a três séries de 6 a 15 repetições são as mais adequadas e a progressão da carga deve ficar na faixa de 500 a 1.500 gramas. Entre cada série, é conveniente descansar de 2 a 3 minutos.
A partir dos 14 anos, as séries devem ter entre 8 e 12 repetições para os membros superiores e entre 15 e 20 repetições para os membros inferiores.
À medida que se obtêm resultados, aumenta-se primeiramente o número de repetições e somente depois a intensidade da carga. Três séries são suficientes para cada tipo de exercício.
O treinamento deve se iniciar com exercícios de alongamento e cargas baixas e, em nenhum momento, deve-se utilizar carga máxima. As sessões de treinamento não devem ser muito prolongadas. Após a puberdade, pode-se aumentar as cargas se a maturação óssea permitir.
Outra recomendação é que o treinamento de força seja uma forma de complementar a sua atividade física. Ele não deve substituir as suas atividades normais. Quando o treinamento de força é utilizado para melhorar o rendimento em outros esportes, devem ser incorporados no programa movimentos similares aos utilizados no treinamento normal.

Pra concluir
Desde que esteja apto para a prática do treinamento de força — por isso, é importante consultar um profissional especializado antes de iniciar qualquer atividade —, você pode procurar uma academia e, com a orientação de um professor, desenvolver sua série de musculação. Porém, para não haver nenhum problema no futuro e nenhum risco à sua saúde, deve seguir todas as orientações à risca. De nada adianta ter um corpo "sarado" agora e depois ser um adulto com problemas de saúde.




sábado, 26 de março de 2011

Municipal de Futsal: tabela e resultados

Campeonato Municipal de Futsal



Jogo de domingo, dia 17 de abril

                                  jogo único: Cruzeiro 1  X    Rivera

                                  

Confira Tabela


_____________________________________


BRASIL 2 X 0 ESCÓCIA

                                         Confira os gols.

 





sexta-feira, 25 de março de 2011

Campeonatos de Tarauacá: história que não se registra

Os atletas de Tarauacá, cerca de 90%, não conhecem a história do esporte local.


As Ligas de modo geral de Tarauacá tem realizado as mais diversas competições. O que nos deixa triste é que a memória do esporte local não está sendo registrado para que gerações futuras possam conhecer e usar como fonte de conhecimento. Não há um acervo histórico de atletas do passado e do presente que fizeram e fazem história.
Fazer um trabalho através de entrevistas, fotos e depoimentos, aonde acontecia, quem era e quais os destaques do esporte local, é o que se pensa. Um registro mapeará as tendências e opiniões desses desportistas, servindo como fonte para pesquisas e consultas de estudantes, pesquisadores, público em geral e, ainda, servindo como “modelo” para as futuras gerações.
Costumo dizer que Tarauacá é um município diferenciado no Acre, revela para o Estado talentos da cultura, do esporte e da política. Vários atletas fizeram sua história no esporte acreano, devemos aproveitar esses legados e melhorar o gerenciamento do esporte tarauacaense. Não podemos deixar que a biografia esportiva desapareça sem antes usarmos para enriquecer nossa história.
O maior tesouro de um lugar é o talento de sua gente.


quinta-feira, 24 de março de 2011

Alongar ou não, eis a questão

Fazer alongamento antes de iniciar uma corrida não evita a ocorrência de lesões musculares. Pelo menos é o que diz uma pesquisa da Universidade de Washington, nos EUA, que analisou os efeitos da corrida tanto em pessoas que não se alongam quanto em outras, que fazem os exercícios.

O estudo contou com três mil voluntários, que corriam menos de 16km por semana. Durante três meses, metade deles se alongava por até cinco minutos antes da atividade física. O restante correu sem se alongar. Nos dois grupos, a proporção de atletas que sofreu lesões foi parecida: 16% do total.

O ortopedista especializado em trauma do esporte Luis Fernando Funchal pondera: embora a pesquisa mostre que, para lesões de corrida, o alongamento não tenha influência, aquecer-se pode trazer outros benefícios.

Segundo ele, mesmo que não evite lesões, o alongamento antes de qualquer exercício físico deve ser mantido, pois trabalha outros aspectos que promovem a segurança do atleta. “Quem não gosta de fazer alongamento, vai ‘endurecendo’ e tende a sobrecarregar a junção do tendão com o osso de forma desnecessária. Quanto mais se alonga, mais elástica e flexível a pessoa se torna. Assim, a carga do exercício é melhor distribuída pelo corpo, se tornando menos prejudicial”.

Ainda segundo Funchal, a ocorrência de lesões na corrida não depende só de a pessoa se alongar ou não. “Outros fatores, como tipo de terreno onde se pratica a atividade, calçado e vestimenta inadequados, além das condições do ambiente e excesso de peso são fatores que também podem influenciar”, enumera o médico.

Outros benefícios

Toda atividades física tem 4 etapas — aquecimento, exercício, desaceleração e relaxamento. Alongamento é o início e o final, pois:

- Prepara a musculatura para a atividade física.
- Aumenta a concentração para o exercício.
- Dá maior conforto, pois evita a sobrecarga muscular, permitindo que o atleta faça menos força.
- Diminui a tensão entre tendões e estrutura óssea.
- Ajuda a relaxar a musculatura após a realização da atividade.

Fonte: O Dia

quarta-feira, 23 de março de 2011

Piso Salarial: Professores tem aumento de 16%

Governo irá facilitar a liberação de recursos para pagar o novo piso salarial.
O ministro da Educação, Fernando Haddad, anuncia nesta quinta-feira o novo piso salarial dos professores da rede pública do país. O valor será de 1.187,97 reais para docentes de nível médio que cumprem carga horária de 40 horas - uma alta de 15,84% sobre os 1.024,67 reais adotados em 2010. Para os professores que cumprem 20 horas, o piso será de 593,98 reais.
O governo anuncia também o abrandamento das regras para a liberação de recursos federais para as cidades que têm dificuldades para pagar o piso salarial. Atualmente, para receber o recurso adicional quando não é possível atingir ao piso mínimo, o estado ou o município tem de destinar 30% de seu orçamento para a educação - e não os 25% exigidos pela Constituição. Pela nova regra, valerá o porcentual definido na Constituição.
O Ministério da Educação (MEC) vai flexibilizar também a regra que determina que, para repassar a verba, o município precisa atender 30% dos alunos na área rural. A condição deverá ser derrubada.
veja.com

terça-feira, 22 de março de 2011

Recurso para Educação: Secretarias tem 18 meses para construir creches e quadras

Municípios, Estados e o Distrito Federal terão 18 meses para finalizar obras de creches e quadras esportivas escolares cobertas custeadas com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Esse prazo começa a contar a partir da liberação dos recursos pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e consta de resolução publicada nesta terça-feira, 22 de março, no Diário Oficial da União, que estabelece os critérios de transferência de recursos do governo federal para a construção de unidades de educação infantil e quadras.

Depois de aprovados os projetos, os recursos serão liberados em duas parcelas. A primeira será repassada pelo FNDE após a assinatura do termo de compromisso para a execução da obra. A segunda, depois de análises técnicas específicas de cada caso. O prazo de 18 meses começa a contar a partir do recebimento da primeira parcela.

Após terminar a obra ou o prazo limite para a execução, os beneficiados terão 60 dias para prestar contas ao FNDE dos recursos recebidos. Entre os documentos necessários para comprovar a devida utilização dos recursos estão a cópia do despacho adjudicatário e homologação de licitações realizadas para a execução da obra; a relação de pagamentos efetuados, de bens adquiridos, produzidos ou construídos com recursos da União; extratos bancários da conta corrente em que os recursos foram depositados, entre outros. É preciso também comprovar o domínio dos terrenos, por meio de cópia da certidão atualizada e autenticada do imóvel.

Fonte: portal mec

segunda-feira, 21 de março de 2011

Caminhar ou correr. O que é melhor?

O tempo não para


Quando pensamos em correr ou caminhar, ficamos sempre na dúvida: qual delas é a melhor atividade? Antes de fazer nossa opção, não podemos esquecer de alguns pontos muito importantes.
1) Tênis: Não escolher o tênis adequado para a atividade pela qual optou pode trazer sérios danos ao seu corpo, principalmente aos seus joelhos e à sua coluna. O calçado é a barreira protetora entre o solo e os seus pés. Por isso, os tênis devem amortecer o impacto e garantir estabilidade para evitar torções e escorregões, além de ser confortável.
2) Roupa: antes de escolhermos o que vestir, devemos pensar em dois pontos básicos: liberdade de movimentos e absorção da transpiração. Opte por uma roupa não muito justa e preferencialmente de algodão, que é o tecido ideal, porque absorve bem o suor. Muitas pessoas pensam que, quando estão suando muito, estão queimando gordura e saem para se exercitar vestidas como se estivessem numa estação de esqui.
3) Hidratação: não podemos esquecer que, quando fazemos uma atividade
física, perdemos água e sais minerais. Para repô-los, tome água antes, durante e depois. A cada meia hora tome um copo com água.
4) Clima: Se você estiver em uma cidade muito quente, exercite-se antes das 10 e depois das 16 horas e não se esqueça de utilizar protetor solar com fator acima de 15 FPS.
É HORA DE FAZER SUA ESCOLHA
Caminhar é um dos exercícios mais simples que existem. Pode ser feito em qualquer dia, hora e lugar, até em casa. Dar suas passadas pode ser um santo remédio, pois abaixa o nível de colesterol, previne a hipertensão arterial, aumenta a capacidade cardiopulmonar e aumenta a massa óssea, diminuindo o risco de osteoporose.
Correr também traz todos esses benefícios para o nosso organismo, mas temos de levar em conta que é um exercício de maior impacto e exige maiores cuidados.
Pode ser uma boa atividade para os jovens, pois somente a caminhada não atinge a sua demanda de gasto energético. O ideal no caso deles é alternar as duas.
Se você está com um certo sobrepeso, comece caminhando até se acostumar com a carga da atividade e chegar ao peso ideal.
COMO COMEÇAR
O primeiro passo é fazer uma avaliação médica para saber como estão as suas condições físicas. Depois, comece com 10 minutos e vá aumentando 5 minutos a cada semana, até completar meia hora. Se o seu objetivo é perder peso, continue acrescentando mais 5 minutos até completar uma hora. Em qualquer caso, o ideal é exercitar-se todos os dias da semana.
Depois que o seu organismo já estiver adaptado à carga, você pode acelerar o passo, aumentando gradativamente o ritmo das passadas.
É essencial controlar a distância percorrida. Observe quantos quilômetros percorreu no tempo estabelecido e durante a semana.
Depois de começar, o mais importante é se exercitar com regularidade. Querer compensar o tempo perdido com surtos de atletismo é muito perigoso para a nossa saúde.
EXERCITE-SE
Independentemente de seu preparo, faça um trabalho gradativo. Respeitar os limites do próprio corpo é um mandamento básico de quem quer manter a saúde. Quando eles são ultrapassados, o corpo chia.
Faça um bom aquecimento, alongando os músculos das pernas, e controle a freqüência cardíaca durante a atividade. Para cada faixa etária, o número máximo de batimentos por minuto é dado pela fórmula: 220 - (menos) a idade. Ou seja, uma pessoa de 16 anos pode chegar a no máximo 204bpm.

Veja: 220 – idade = X
        220 – 16 = 204 bpm (batimentos por minuto)
Recomenda-se que o coração trabalhe entre 50% a 70% da sua freqüência cardíaca máxima.

fonte: cdof.com

domingo, 20 de março de 2011

Olá Amigos: apresentação

Amigos e Amigas

 
 

 
Criamos esse blog com objetivo de prestar serviço de informações de modo geral. O foco principal será o esporte de Tarauacá, divulgar os fatos e fotos, opinar e contribuir através do marketing com sugestões, tentar cumprir um papel norteador e divulgar os trabalhos realizados na área. As orientações sobre a importância da prática da atividades física será ponto em destaque desse blog. Todos os dias haverá uma postagem.