segunda-feira, 21 de março de 2011

Caminhar ou correr. O que é melhor?

O tempo não para


Quando pensamos em correr ou caminhar, ficamos sempre na dúvida: qual delas é a melhor atividade? Antes de fazer nossa opção, não podemos esquecer de alguns pontos muito importantes.
1) Tênis: Não escolher o tênis adequado para a atividade pela qual optou pode trazer sérios danos ao seu corpo, principalmente aos seus joelhos e à sua coluna. O calçado é a barreira protetora entre o solo e os seus pés. Por isso, os tênis devem amortecer o impacto e garantir estabilidade para evitar torções e escorregões, além de ser confortável.
2) Roupa: antes de escolhermos o que vestir, devemos pensar em dois pontos básicos: liberdade de movimentos e absorção da transpiração. Opte por uma roupa não muito justa e preferencialmente de algodão, que é o tecido ideal, porque absorve bem o suor. Muitas pessoas pensam que, quando estão suando muito, estão queimando gordura e saem para se exercitar vestidas como se estivessem numa estação de esqui.
3) Hidratação: não podemos esquecer que, quando fazemos uma atividade
física, perdemos água e sais minerais. Para repô-los, tome água antes, durante e depois. A cada meia hora tome um copo com água.
4) Clima: Se você estiver em uma cidade muito quente, exercite-se antes das 10 e depois das 16 horas e não se esqueça de utilizar protetor solar com fator acima de 15 FPS.
É HORA DE FAZER SUA ESCOLHA
Caminhar é um dos exercícios mais simples que existem. Pode ser feito em qualquer dia, hora e lugar, até em casa. Dar suas passadas pode ser um santo remédio, pois abaixa o nível de colesterol, previne a hipertensão arterial, aumenta a capacidade cardiopulmonar e aumenta a massa óssea, diminuindo o risco de osteoporose.
Correr também traz todos esses benefícios para o nosso organismo, mas temos de levar em conta que é um exercício de maior impacto e exige maiores cuidados.
Pode ser uma boa atividade para os jovens, pois somente a caminhada não atinge a sua demanda de gasto energético. O ideal no caso deles é alternar as duas.
Se você está com um certo sobrepeso, comece caminhando até se acostumar com a carga da atividade e chegar ao peso ideal.
COMO COMEÇAR
O primeiro passo é fazer uma avaliação médica para saber como estão as suas condições físicas. Depois, comece com 10 minutos e vá aumentando 5 minutos a cada semana, até completar meia hora. Se o seu objetivo é perder peso, continue acrescentando mais 5 minutos até completar uma hora. Em qualquer caso, o ideal é exercitar-se todos os dias da semana.
Depois que o seu organismo já estiver adaptado à carga, você pode acelerar o passo, aumentando gradativamente o ritmo das passadas.
É essencial controlar a distância percorrida. Observe quantos quilômetros percorreu no tempo estabelecido e durante a semana.
Depois de começar, o mais importante é se exercitar com regularidade. Querer compensar o tempo perdido com surtos de atletismo é muito perigoso para a nossa saúde.
EXERCITE-SE
Independentemente de seu preparo, faça um trabalho gradativo. Respeitar os limites do próprio corpo é um mandamento básico de quem quer manter a saúde. Quando eles são ultrapassados, o corpo chia.
Faça um bom aquecimento, alongando os músculos das pernas, e controle a freqüência cardíaca durante a atividade. Para cada faixa etária, o número máximo de batimentos por minuto é dado pela fórmula: 220 - (menos) a idade. Ou seja, uma pessoa de 16 anos pode chegar a no máximo 204bpm.

Veja: 220 – idade = X
        220 – 16 = 204 bpm (batimentos por minuto)
Recomenda-se que o coração trabalhe entre 50% a 70% da sua freqüência cardíaca máxima.

fonte: cdof.com

0 comentários: