segunda-feira, 6 de junho de 2011

O que é tabagismo?


O tabagismo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), é classificado como uma dependência química, decorrente do uso de substâncias psicoativas.
Na queima de um cigarro há produção de 4720 substâncias tóxicas. Além das mais conhecidas como a nicotina, alcatrão e monóxido de carbono, há 60 substâncias com atividade cancerígena, metais pesados e substâncias radioativas. Ainda segundo a OMS, o tabagismo é considerado um dos maiores problemas de Saúde Pública da atualidade, sendo responsável por cerca de 5,4 milhões de mortes por ano em todo o mundo – 1 óbito a cada 10 em adultos. A estimativa para o ano de 2020 é de que ocorram 10 milhões de mortes relacionadas ao tabaco, sendo 7 milhões nos países em desenvolvimento.
O consumo do tabaco é responsável por 45% das mortes por doença coronariana, 85% das mortes por patologias respiratórias crônicas e 30% das mortes por câncer, sendo que 90% dos casos de câncer de pulmão ocorrem em fumantes.
O uso do tabaco não causa danos somente à saúde do tabagista, mas também a dos que estão a sua volta. Estudos recentes mostram que não fumantes cronicamente expostos à fumaça do tabaco tem 30% de risco a mais de desenvolver câncer de pulmão e 24 %a mais de desenvolver doenças cardiovasculares do que os não expostos - tabagismo passivo.
Por essa razão, cada vez mais crescem as campanhas de combate ao tabagismo além de outras medidas governamentais tais como a proibição de propagandas de cigarros e a promulgação de leis que restringem o consumo de cigarros em espaços públicos.
POR QUE PARAR DE FUMAR?
Existem mais de 50 doenças relacionadas ao tabagismo que atingem principalmente os aparelhos respiratório, cardiovascular, digestivo e geniturinário.
O tabagismo leva a alteração do paladar e do olfato, a doenças de cavidade oral, como cânceres de lábios e língua, além de alteração da cor dos dentes, dentre outras.
O abandono do tabagismo traz benefícios não só para a saúde e bem estar do fumante, mas também benefícios socioeconômicos e ambientais. Veja a seguir
Benefícios para a saúde e bem estar do tabagista

E mais:
• Fortalecimento da auto-estima;
• Melhora do hálito e do cheiro;
• Melhora da coloração dos dentes e da vitalidade da pele;
• Melhora no desempenho das atividades físicas. Benefícios socioeconômicos:
• Mais recursos para as necessidades básicas;
• Melhora da produtividade. Benefícios ao meio ambiente:
• A cultura do tabaco leva a empobrecimento do solo, uso de pesticidas e fertilizantes;
• Para cada 300 cigarros produzidos, uma árvore é derrubada;
• O filtro do cigarro leva cerca de 100 anos para ser degradado.
COMO ABANDONAR O TABAGISMO
O tabagista deve estar consciente que o abandono do vício não será fácil, devido a sintomas de abstinência, fissura (desejo incontrolável de fumar) e eventual ganho de peso que pode ocorrer devido a maior ingestão de alimentos pela melhora do paladar e do olfato e também pela troca de compulsão - ao invés de levar um cigarro a boca o indivíduo come balas,doces,biscoitos etc.
Com a ajuda de profissionais especializados e de programas de relaxamento e atividade física, bem como dieta equilibrada torna se mais fácil abandonar o tabaco e evitar as recaídas.
O abandono do tabaco pode ser feito das seguintes formas:
• Parada abrupta - com a interrupção de um dia para outro;
• Redução gradual – fuma um número menor de cigarros a cada dia, até chegar o dia que não fumará mais nenhum cigarro;
• Adiamento gradual – adia a primeira hora que fuma o primeiro cigarro, progressivamente, até o dia que não fuma mais nenhum.
A redução e o adiamento gradual não devem levar mais de 2 semanas para o fumante fumar seu último cigarro. Confira aqui dicas para parar de fumar e inicie uma nova etapa em sua vida. Em pouco tempo você sentirá a diferença, pois irá dormir melhor, respirar melhor, sentir melhor o gosto e o cheiro dos alimentos, dentre outras melhorias.
Pulmão de uma pessoa que não fuma e outra que fuma
Não Fumante                    Fumante

DICAS
1. Parar de fumar não é fácil! Portanto, tenha força de vontade e não desista na primeira dificuldade. Seja perseverante! Quando pensar em desistir, lembre dos benefícios do abandono do vício;
2. Defina uma data para parar de fumar; não deixe para depois, estabeleça prazos;
3. Avise seus amigos, colegas de trabalho e familiares sobre sua decisão de parar de fumar. É importante ter o apoio de pessoas próximas nesse momento;
4. Livre-se de maços, isqueiros e outros objetos de fumante;
5. Procure “dar uma pausa” no trabalho, aproveitando para caminhar, em substituição aos momentos que você utilizaria para fumar;
6. A vontade de fumar não dura mais que alguns minutos. Nesses momentos, para ajudar, você poderá chupar gelo, beber água gelada ou comer uma fruta. Mantenha as mãos ocupadas com um elástico, pedaço de papel, rabisque alguma coisa ou manuseie objetos pequenos. Não fique parado - converse com um amigo, faça algo diferente que distraia sua atenção;
7. Escove os dentes imediatamente após as refeições. Esta medida contribuirá para a redução na vontade de fumar;
8. É importante evitar situações “de risco”, como lugares em que pessoas possam estar fumando ao seu redor;
9. Inicie uma atividade física! A prática de exercícios leva à produção de endorfina pelo organismo, uma substância que proporciona sensação de prazer.

Fonte: globo.com

0 comentários: