quarta-feira, 29 de junho de 2011

Exercício Físico: algumas orientações

1. Estabeleça sua prioridade e consolide sua decisão de iniciar um programa regular de exercício físico.
2. Busque apoio para sua decisão: família, amigos, vizinhos e colegas de trabalho.
3. Comunique sua decisão ao seu médico que irá rever sua dieta e as medicações em uso regular.
4. Caso lhe seja solicitado um teste de exercício (também conhecido como teste ergométrico), é preferível submeter-se ao teste cardiopulmonar de exercício, no qual são também obtidas medidas ventilatórias.
5. Procure se esforçar ao seu máximo durante o teste e informe ao médico executante sua condição clínica e a necessidade de obter informações úteis para a definição da faixa mais apropriada de freqüência cardíaca (pulso ou batimentos cardíacos) para o seu exercício.
6. Discuta com o seu médico os resultados dos exames e as suas opções preferidas de local e tipo de exercícios, de modo que você possa contemplar a quantidade mínima recomendada.
7. Em caso de dúvida, especialmente se inexperiente quanto ao exercício físico e esportes, não hesite em obter apoio profissional especializado.
8. Prepare-se para uma fase de transição, na qual talvez sejam necessários eventuais ajustes de alimentação e, principalmente, de hábitos cotidianos.
9. Os primeiros dias de exercícios são os mais difíceis, mas alguns benefícios fisiológicos já começam a ocorrer nas primeiras horas após a sessão inicial.
10. Trace metas pessoais realistas. A progressão deverá sempre ser lenta e gradativa.
11. Não baseie os resultados do seu programa de exercício físico regular em termos de ganho ou perda de peso corporal. Alguns dos benefícios fisiológicos são mais difíceis de documentar ou quantificar, mas renderão resultados importantes em um prazo mais longo.
12. É comum ter vontade de parar uma sessão de exercício logo nos primeiros minutos (isso acontece até com profissionais altamente treinados). Resista e o seu corpo ficará tão agradecido que, dentro de alguns poucos minutos, dias e semanas, a sensação de desconforto e desânimo tendem a desaparecer e a serem substituídas por um bem-estar, que então se prolongará pelo restante do seu dia-a-dia.
13. Não adianta muito fazer exercícios por algumas semanas ou poucos meses e depois interromper. O exercício físico regular deverá ser incorporado em sua vida, inclusive nos períodos de férias.

Fonte: Clinimex

0 comentários: