sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Musculação: erros comuns que podem prejudicar seu treino

Academia da Bia (cohab)


Boas práticas trazem bons benefícios
Atualmente a prática e os conceitos de atividades física, com objetivos de prevenir doenças, ajudar no tratamento e manter a saúde em dia, e, ainda, manter o corpo belo e demonstrar que tem um belo corpo, tem se diversificado bastante. Vemos isso no cotidiano das tardes em Tarauacá, basta visitarmos as academias ou olhar para a Av. Tancredo Neves para afirmar o que dizemos. Lá encontramos pessoas ativas diariamente.

Quando vamos ao médico uma das coisas que nos pergunta é, você pratica atividade física. Anos atrás, os médicos não recomendavam a prática da atividade física, depois de muitos debates em conjunto com profissionais de saúde e de educação física, através do Conselho Federal de Educação Física e Conselho Federal de Medicina, muitas conquistas foram aplicada no cotidiano das academias e das pessoas. Uma conquista que deve ser valorizadas e compartilhada com todos.

Aqui em Tarauacá, o que vemos são pessoas a cada dia adepta à prática de atividades físicas. Os fins de tarde na cidade na Avenida Tancredo Neves, antiga pista, e, durante todo dia nas academias de ginástica, vemos jovens, adultos e idosos valorizando a prática e seguindo conselhos de especialistas.

Porém, alguns cuidados devem ser seguidos para não fazer as atividades e movimentos errados. As academia são obrigadas por Lei, oferecer auxilio de um profissional de Educação Física para orientar os praticantes quanto ao manejo, postura e procedimentos de exercícios, como alongamento e execução.

Charles Academia

Tarauacá, ainda, não tem profissionais suficiente para atender os serviços de academia. Em 2004, formaram 50 professores na área, desses, 25 já eram professores, outros 25 tinham emprego em outras órgãos. Hoje, muitas vezes as academia são criticadas por falta de um profissional adequado. Todo trabalho exige planejamento e organização, sem isso o rendimento é mínimo.

Destacamos fotos de duas academias que atendem o município e visitantes, e, algumas orientações para quem pratica musculação e tem as academias como espaço das atividades.
Valorize os movimentos e mantenha a postura correta na hora de puxar ferro

Antes de praticar qualquer atividade física é preciso ter cuidado e atenção: a busca pelo corpo perfeito pode acabar na sala de cirurgia, pois desrespeitar os limites pode levar a lesões graves.

O professor Jean Carlo, da Rebook Club, conta que muitos alunos não dão o descanso necessário para a recuperação muscular. Outros, não dão atenção a problemas importantes, como dores articulares frequentes. E ainda tem aqueles que trabalham com frequências cardíacas mais altas do que o recomendado nos exercícios aeróbicos.

O primeiro passo para evitar lesões é aquecer por, pelo menos, 10 minutos. Assim, seu corpo estará mais oxigenado e terá mais energia para aguentar o exercício.

Terminou de malhar e está com a sensação de dever cumprido? Nada disso. "Encerrar as sessões de musculação sem fazer um alongamento leve, para soltar a musculatura trabalhada, é um dos erros mais comuns cometidos pelos alunos", explica Jean.

Mas alguns dos equívocos começam antes mesmo do aluno entrar na sala de musculação. Não se alimentar de forma adequada antes dos treinos é um deles. O conselho é comer alimentos leves, de fácil digestão, como uma fruta ou uma barrinha de cereal.

Se o treino for durar mais de uma hora, ela indica o consumo de mais alguma fonte de carboidrato, aos 40 ou 50 minutos de exercício. Nunca se exercite em jejum. Isso aumenta o risco de hipoglicemia e faz com que você queime massa magra em vez de gordura. Também evite treinar de estômago cheio, o que pode causar náuseas, mal-estar e atrapalhar a digestão.

Outro deslize, que começa antes de chegar à academia, é não dar ouvidos ao próprio corpo. Se o cansaço bater, pergunte a si mesma se você está mesmo indisposta ou essa é só mais uma desculpa para não ir à academia. Não ignore sintomas como tonturas, dores musculares fortes e mal-estar. Diminua o ritmo e procure um médico.

Espantou a preguiça e foi malhar? Lembre-se que você está ali, acima de tudo, para se manter em forma. Socialize entre um exercício e outro, mas não deixe que as conversas roubem a maior parte do tempo que você destinou à ginástica.

Saiba ainda que variar os exercícios é importante e ajuda a evitar lesões por esforço repetitivo. Além disso, quando você faz sempre a mesma atividade, seu músculo tende a se acostumar com o estímulo, fazendo com que o exercício renda muito menos. O ideal é alternar as atividades.

Quando estiver fazendo exercícios, lembre-se de manter a postura correta. A cabeça deve ficar sempre no prolongamento da coluna. Ao exercitar as costas no Pulley, olhe para frente e deixe seus braços alinhados com a barra, nunca para trás dela. Quando for treinar peito, no supino, lembre-se de deixar as costas sempre encostadas no banco para não forçar a lombar. Não estenda o braço até o final para não sobrecarregar os cotovelos. Na repetição de abdominais, mantenha os pés próximos ao quadril e as costas apoiadas no chão. Suba e desça contraindo a musculatura do abdômen, olhando sempre para frente, na diagonal.

Outro erro bem comum é utilizar os pesos de maneira inadequada. De nada adianta aumentar a carga do exercício se os movimentos não forem bem feitos. Se você não controla o movimento e a respiração, acaba indo mais rápido na hora de abaixar o peso. O certo é fazer as repetições lentamente, na seguinte proporção: um segundo para levantar, três para abaixar.

Dicas que melhoram a convivência dentro da academia


Quem nunca teve a sensação de estar descobrindo uma nova realidade quando começa a frequentar a academia? Tudo é novidade, da série dos exercícios às pessoas novas que passam a fazer parte do seu convívio. Sem contar as dúvidas existenciais que pipocam na cabeça, como: com que roupa ir? Quando puxar conversa com alguém durante as aulas? Os dilemas não são à toa, pois até mesmo na academia é preciso respeitar as regras da boa convivência. Algumas dicas de bom comportamento devem ser dadas pelo professor. É mais comum do que se imagina uma pessoa deixar de praticar exercícios por ter uma má impressão dos alunos que frequentam a mesma academia. Para não ficar desmotivado e nem desmotivar ninguém, confira algumas regras de etiqueta que fazem o seu treino e o do colega renderem mais.

Limpar o aparelho após o uso
O hábito de limpar o aparelho usando um pano umedecido com álcool é uma questão de etiqueta e de higiene, essencial para que todos tirem proveito dos exercícios com conforto e segurança. Algumas doenças transmitidas por bactérias e vírus, como a própria gripe, podem ser transmitidas pelo suor.

Usar um aparelho molhado do suor alheio, além de ser desagradável, pode dificultar a execução do exercícios, já que a superfície em contato com o corpo fica escorregadia. As academias sempre deixam ao lado de cada equipamento um pano com álcool para higienizar a superfície assim que o exercício terminou.

Toda a superfície do aparelho que entrou em contato com o corpo deve ser limpa. Aparelhos como leg press, chest press, banco scott, o banco da bicicleta e também os colchonetes usados para fazer abdominais, devem ser limpos após o uso.

Não deixe os pesos espalhados
Outro deslize cometido com o material da academia é não colocar os pesos e halteres no lugar certo após o término da série. Em quase todas as academias há um suporte especial para cada tipo de peso, facilitando a organização. Por isso, deixar os pesos largados em qualquer lugar, demonstra ser uma pessoa desorganizada que não cumpre regras, além de deixar o ambiente bagunçado, pode dificultar e atrasar o treino de outra pessoa.


Perceba se o colega quer papear
Por mais que a academia seja um ambiente bastante descontraído e propício para fazer novas amizades, ficar puxando conversa com quem está tentando se concentrar no exercício pode pegar mal. A regra não é fazer o treino em silêncio, mas é importante prestar atenção se os outros querem bater papo também.

Fica mais difícil controlar a respiração e contar quantas séries já foram feitas quando tem alguém falando constantemente com você.


Escolha roupas confortáveis
Usar roupas que chamam muito a atenção pode causar um constrangimento geral na academia. A academia não deve ser um lugar de desfile de moda. E, mais do que isso, as peças muito curtas e apertadas, são desconfortáveis e ainda podem atrapalhar o treino. As roupas mais adequadas para a prática de exercícios físicos são aquelas mais confortáveis, feitas de algodão e tecidos dry fit.

Cuidado no vestiário
No vestiário, use o armário apenas quando estiver usando a academia, sem deixar seus pertences lá, de um dia para o outro. A maioria das academias tem armários rotativos. Basta usar um cadeado quando guardar suas coisas e, depois do treino, deixar livre para o próximo aluno.


Preste atenção na fila dos aparelhos
Principalmente em academias de pequeno porte, é comum que filas se formem nos aparelhos mais usados. Quando isso acontecer, o melhor a fazer é revezar. "Todos precisam de pelo menos um minuto de descanso entre as séries. Nesse intervalo outra pessoa pode usar o aparelho", instrui Andrea Martins. Outro ponto importante é tomar cuidado para não furar fila. Como as pessoas na academia não costumam ficar do lado do aparelho "guardando lugar", é melhor perguntar se alguém está na fila para usá-lo.

Bom final de semana a todos!

Fonte: portal da eduação fisica

0 comentários: