terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Correr faz bem

Além de queimar gordura e aumentar a resistência, correr traz benefícios que você não enxerga e se espalham por todo o corpo. Confira como essa atividade física age dentro de você, segundo José Carlos de Campos Velho, clínico geral dos Hospital Beneficencia Portuguesa, em São Paulo.

Cérebro
Depois do exercício, produz e libera endorfina, um neurotransmissor que proporciona sensação de bem-estar. Essa droga natural também contribui para o aumento da disposição e da tolerância ao esforço físico, o alívio de dores e stress e a melhora do sistema imunológico.

Coração
Fica mais resistente e ciente. A corrida melhora o fluxo sanguíneo nas coronárias (artérias que irrigam o órgão) e estimula a capacidade de contração do músculo cardíaco. Tudo isso afasta o risco de aterosclerose (estreitamento de vasos por placas de gordura) que leva ao infarto.

Pulmões
Trabalham com mais eficiência, porque o exercício melhora o desempenho dos músculos envolvidos no processo respiratório (intercostais, abdominais e dorsais) e expande a capacidade da caixa torácica. Respirando mais e melhor, você expulsa o ar residual que fica “preso” nos pulmões de gente sedentária e oxigena todos os tecidos do corpo.

Músculos das pernas
Correr regularmente aumenta o número e o volume das fibras musculares, que ganham força, resistência e capacidade de contração. A cada seis semanas, durante uma semana, diminua pela metade o ritmo em que costuma correr e a distância percorrida. Isso ajuda seu corpo a se recuperar do esforço e afasta o risco de lesões.

 Fonte: boa forma

0 comentários: